×

5 erros que podem ser evitados na reforma do banheiro

Escolher um modelo de box inapropriado para o espaço, falta de iluminação e excesso de informações impactam na reforma do banheiro

Publicado em 20/04/2023 | Por_Júlia Magalhães

A falta de espaço é um dos principais problemas dos banheiros atuais, o que exige um planejamento bem pensado para conseguir otimizar o espaço e conquistar um visual bonito e moderno. Por isso, na hora da reforma do banheiro, é preciso se atentar para não cometer erros que podem deixar o cômodo com aspecto confuso e desconexo dos moradores.

“Existem fatores que só desfavorecem a decoração e o espaço do banheiro. Um local com pouca luz, muitas informações e, principalmente, com móveis e box de banho incompatíveis com a sua metragem, acabam com o visual e espaço de qualquer ambiente”, explica o diretor criativo da Ideia Glass, Érico Miguel. A marca é especialista em kits de ferragens para box de banho e portas de vidro divisórias de ambiente. Confira abaixo as dicas que o profissional dá para você levar em conta na hora que for reformar seu espaço.

Divulgação: Ideia Glass

1. Escolha o box de banho apropriado para o espaço

A área de banho costuma ocupar boa parte do cômodo, por isso, precisa ser pensada de maneira estratégica. De acordo com Érico, se o banheiro é muito pequeno, o ideal é optar por boxes de banho com portas flexíveis que dispensam o uso de trilhos superiores. “Esse tipo de box de banho ajuda na economia de espaço e ainda agrega na decoração do local”, comenta. Outra opção são modelos com abertura em 180° para dentro e para fora, o que possibilita melhor aproveitamento de espaço.

O profissional ainda ressalta, que ao optar por esse tipo de box, os moradores ganham pontos na decoração do local, já que normalmente são modelos mais sofisticados, com roldanas aparentes e que agregam beleza ao banheiro. “O box de banho pode transformar o visual do cômodo. Mas não dá pra escolher um modelo só pela beleza e perder no espaço. Por isso, ao projetar o cômodo, é preciso saber o que o mercado oferece para cada necessidade. E hoje em dia há muitas opções, para todos os espaços, gostos e bolsos”, conta.

2. Menos é mais, sempre!

Nada em excesso é bom. Isso vale para a decoração dos cômodos da casa, incluindo o banheiro. “Seja um cômodo grande ou pequeno, o excesso na hora de decorar pode deixar qualquer ambiente com um visual carregado. Mas quando isso acontece em espaços com pouco metragem, o prejuízo é ainda menor. O que já é pequeno, vai parecer ainda menor”, afirma o diretor da Ideia Glass.

Além da sensação de um espaço menor, muitos itens de decoração ou estilos que não “conversam” entre si, podem deixar o cômodo pouco acolhedor. “O equilíbrio de elementos é o ideal. Se os móveis são coloridos ou estampados, o correto é optar por revestimentos mais neutros. Ao invés de cobrir as paredes de armários, faça apenas um e utilize nichos para armazenar coisas que podem ficar à vista. Itens de decoração, como quadros e vasos, podem ser usados, mas sempre em um único ponto do cômodo. Dessa forma, o banheiro ganha uma decoração harmônica e oferece uma sensação de conforto”, ressalta o profissional.

3. Evite cores escuras

“Apesar do preto estar ligado a espaços sofisticados, em locais pequenos a tonalidade deve ser evitada”, recomenda Érico. Segundo o profissional, por ser considerada uma cor fechada, o uso em excesso pode fazer com que o cômodo pareça ainda menor. “Não é proibido o uso do tom, mas precisa ser algo mais ponderado. Ele vai bem em detalhes, como roldanas de box de banho e alguns metais do banheiro. Mas em revestimento, pintura e, até mesmo, roupa de banho que fica exposta, deve ser evitado”.

Se a ideia é dar ao ambiente sensação de amplitude, cores claras, como rose, branco e bege, devem ser bastante exploradas. “São tons que podem ser utilizados em paredes, pisos e detalhes da decoração. Não precisa ser algo monocromático, mas são tonalidades que precisam ganhar destaque”, explica.

4. Atenção com a iluminação

A iluminação, natural ou não, é essencial para quem busca amplitude em banheiros pequenos. “Se o local é bem arejado e existem pontos que deixam a luz natural entrar, nada deve bloquear essa iluminação”, enfatiza Érico. Mas se não há muitas janelas no cômodo, nada que um jogo de luz estratégico não resolva. “É possível clarear o ambiente de maneira artificial ao usar jogos de luzes. E existem pontos que ajudam a criar sensação de amplitude, como uso de luz no teto, espelhos e laterais do espaço”, explica.

5. Opte por móveis bem planejados

Para aproveitar todos os cantinhos do local, o mais indicado é apostar em móveis planejados. “Os móveis recortados e pensados estrategicamente nas medidas do espaço, possibilitam que o cômodo seja mais funcional, prático e confortável. Além de dar um visual mais bonito e moderno”, finaliza Érico.

Avalie esse post:

Siga nossa página no instagram e fique por dentro das novidades

@moveisparacasa.oficial
Móveis por ambiente

Cadastre-se para receber tudo sobre móveis

    Você também pode se interessar por:

    Tons de madeira em alta na decoração

    O que é e como ter uma casa inteligente

    Como incorporar o dourado no banheiro?