×

Entenda a importância da acessibilidade nos banheiros

Banheiros bem projetados podem facilitar acessibilidade e evitar acidentes domésticos. Entenda a importância para projetar seu espaço

Publicado em 09/06/2023 | Por_Júlia Magalhães

Crianças e idosos são mais suscetíveis a acidentes domésticos e precisam de cuidado redobrado. Segundo dados do Sistema Único de Saúde, 75% das lesões sofridas por idosos com mais de 60 anos acontecem em casa, principalmente no banheiro. Por isso a impotância de pensar na acessibilidade nos banheiros.

Especificamente nessa área alguns itens, como o box de banho e barras de segurança precisam ser pensados de forma que atenda às necessidades desse público. Para falar sobre o assunto, Leandro Neves, arquiteto parceiro da Ideia Glass, lista os principais acessórios que devem ser levados em consideração na hora de projetar um banheiro acessível. Confira!

Acessibilidade nos banheiros

A redução da flexibilidade, reflexos e musculatura corporal, juntamente com deficiência visual e auditiva, tornam os idosos especialmente suscetíveis a acidentes domésticos. Segundo dados do Sistema Único de Saúde (SUS), 75% das lesões sofridas por pessoas com mais de 60 anos acontecem em casa e, grande parte, no banheiro. E conforme aponta a OMS (Organização Mundial de Saúde), entre 2015 e 2050, a proporção da população mundial com mais de 60 anos passará de 12% para 22%, o que aumenta o olhar sobre as necessidades deste público. Pensando nisso, em 2015, a NBR 9050 – que trata sobre acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos –, entrou em vigência para determinar critérios e parâmetros técnicos das construções, garantindo uma área adaptada de forma correta.

Por essas razões, na hora de planejar um banheiro é importante levar em consideração para quem se está projetando e quais as necessidades dos moradores. Além disso, espaços bem-construídos são essenciais para reduzir os riscos de acidentes e o tempo de resposta em caso de quedas. Pensando nisso, a Ideia Glass, marca especialista em kits de ferragens para boxes de banho e portas de vidro divisórias de ambiente, convidou o arquiteto, Leandro Nunes, para explicar quais são os quatro principais itens do banheiro que precisam de atenção quando o assunto é acessibilidade e conforto sem deixar de lado a independência e a qualidade de vida de quem utilizará aquele espaço. Confira!

Banheiros bem projetados podem facilitar acessibilidade e evitar acidentes domésticos. Entenda a importância para projetar seu espaço

1. Portas e acessos

Na hora de projetar um banheiro acessível, deve-se levar em conta as dimensões das portas e acessos ao cômodo, que precisam ser maiores do que o convencional. “Caso a porta do banheiro acessível abra no sentido oposto da chegada do usuário, deverá ter no mínimo 1,20 m livre para a entrada e 30 cm livres entre o alinhamento da abertura e a parede interna. Aqui é importante observar também que a porta do banheiro acessível deve ter, no mínimo, 80 cm de largura para que a cadeira de rodas passe sem nenhum problema”, explica Leandro.

2. Desníveis

Para a parte dos pisos, o arquiteto conta que o ideal é que o chão seja nivelado, de maneira que não possua degraus ou pequenos obstáculos que possam atrapalhar a locomoção dos morados. No entanto a NBR 9050 permite que exista um desnível de, no máximo, 1,5 cm entre o box e o restante do banheiro. “O piso do box deve ser antiderrapante e não deve ter desníveis em relação ao restante do banheiro. Por isso, é aconselhado o uso de inclinação de até 2% na direção do ralo para escoamento da água, mas os ralos devem ser instalados fora da área de manobra em caso de cadeirantes”, comenta.

3. Barras de apoio

As barras de apoio são fundamentais para a movimentação do cadeirante, mas também garantem a segurança de idosos e gestantes, detalhe extremamente importante no projeto de um banheiro com acessibilidade. Mas onde colocá-las especificamente? Segundo o profissional, as barras devem ficar ao lado do vaso sanitário, na pia e no espaço do box de banho.

“No caso do vaso sanitário, as barras de apoio precisam ser instaladas nas paredes laterais e atrás do objeto. Esse posicionamento ajuda o cadeirante na hora de fazer a transição entre a cadeira e o vaso sanitário. Já na parte do box, os apoios devem estar posicionados a uma altura de 75 cm do piso e ter o comprimento mínimo de 70 cm”, relata o arquiteto.

4. Box de banho

Para garantir um banho com segurança, a escolha do box também faz toda a diferença na hora de projetar um banheiro acessível. “Um box de banho que otimiza o espaço do banheiro e que não possui ferragens inferiores é o ideal. Além de facilitar a locomoção, permite a entrada de cadeiras de rodas de maneira fácil e rápida”, explica Leandro.

Avalie esse post:

Siga nossa página no instagram e fique por dentro das novidades

@moveisparacasa.oficial
Móveis por ambiente

Cadastre-se para receber tudo sobre móveis

    Você também pode se interessar por:

    3 dicas para criar espaços multifuncionais

    Entenda a tendência de decoração em 2024: o maximalismo

    Veja como o design de interiores impacta sua saúde e humor