×

Segurança e conforto: 5 dicas para quartos de criança

Confira dicas de como o quarto infantil pode divertido, mas também relaxante e confortável

Publicado em 12/07/2022 | Por_Móveis para casa

Não é fácil encontrar um estilo de decoração que agrade todo mundo, ainda mais quando falamos de crianças. Para elas, é importante um estilo que acompanhe os seus momentos de crescimento e amadurecimento. Além disso, alguns elementos que afloram a criatividade da criança podem deixar o quarto ainda mais completo. Desde as cores utilizadas nas paredes, até móveis e elementos de decoração devem ser usados de forma correta e entendendo o que as crianças querem e gostam de ter em seus quartos. O quarto deve ser um espaço em que a criança possa se divertir, mas também se sentir relaxada e confortável.

Além disso, de acordo com as arquitetas Caroline Monti e Amanda Cristina, sócias-fundadoras da Evertec Arquitetura, é importante entender que não existe um estilo específico de quarto para cada idade. “O que existem são as decorações que são adaptadas conforme a idade. Normalmente, em quartos de bebê, gostamos de trazer o aconchego com uma certa tranquilidade. A partir do momento que a criança começa a ter autonomia para brincar, gostamos de trabalhar com o lúdico e coisas que tragam criatividade. Até os dois primeiros anos da criança, acreditamos que o quarto precisa ter como objetivo principal trazer uma sensação de conforto, tranquilidade e uma paleta de cores em tons pastéis”, explica Caroline.

Já para crianças entre os 2 e 6 anos de idade, é importante que a decoração faça parte da sua vida, ou seja, os objetos precisam trazer uma maior criatividade. “Para essa idade, podemos montar uma parede de lousa e papéis para desenhar. O ideal é que a decoração traga autonomia para a criança pegar seus próprios brinquedos e, inclusive, incentivar a guardá-los. Já os pequenos crescidos, entre 6 e 12 anos, costumamos buscar um estilo mais específico, já que nessa idade as crianças já escolhem o que gostam. Então, provavelmente, falamos de personagens de jogos, um quarto voltado mais para ‘adolescentes’, também pensando em não ter que se desfazer dele tão cedo, com bancadas de estudos e televisão”, entende Amanda.

Pensando em quem busca a melhor forma de montar um quarto para criança, as arquitetas listaram as principais dicas. Confira:

Avalie esse post:

Siga nossa página no instagram e fique por dentro das novidades

@moveisparacasa.oficial
Móveis por ambiente

Cadastre-se para receber tudo sobre móveis

    Você também pode se interessar por:

    3 dicas para criar espaços multifuncionais

    Entenda a tendência de decoração em 2024: o maximalismo

    Veja como o design de interiores impacta sua saúde e humor