×

Conheça sobre os tipos de molas de colchões

Colchões de molas possuem diferentes níveis de suporte e conforto proporcionados por cada tipo de mola de colchão

Publicado em 20/03/2020 | Por_Thiago Rodrigo

Quais as diferenças entre cada um dos tipos de molas para colchões? Primeiramente, é preciso saber que existem cinco principais tipos de molas para colchões, cada um deles com pesos de referência em relação ao suporte de carga do molejo.

Os tipos de molas para colchões são:

Evidentemente, cada um deles tem vantagens e desvantagens. Ainda que execute grande função, é um componente do colchão que não interfere sozinho no conforto e na durabilidade do mesmo.

Por quê é indicado para pessoas com esse peso? O que acontece se pessoas acima desse peso dormirem em um colchão com essa mola? Qual a durabilidade desse molejo no colchão?

O nível de suporte do molejo, na verdade, diz mais sobre a espuma do que propriamente sobre as molas. Uma vez que a aplicação de peso, repetidas vezes, gera um desgaste da espuma pela quebra de suas células, ao longo dos anos, esse efeito é potencializado.

Gustavo Lemos é presidente da Leggett & Platt, uma das maiores fabricantes de molejos para colchões do mundo. Ele explica que pessoas de biotipos mais pesados podem se sentir mais desconfortáveis em colchões com capacidade menor de peso, uma vez que o usuário poderá “afundar” mais do que o recomendado.

Tipos de molas de colchões

Bonnell

O molejo Bonnel suporta até 90kg por pessoa. É a melhor opção para colchões de entrada (mais econômicos) e atende muito bem às características necessárias para fabricação de colchões convencionais bem como camas auxiliares e conjugadas.

A Leggett não fabrica esse tipo de produto, sendo substituído pelo molejo patenteado “Verticol”. O produto apresenta 20% de molas a mais do que a maioria dos molejos Bonnel encontrados no mercado ao mesmo tempo que é “projetado com um sistema diferenciado de amarração com helicoidais na vertical, diminuindo a transmissão de movimento do molejo”, destaca Lemos.

tipos de molas de colchões

Pocket

Um dos mais conhecidos no mercado, o molejo pocket, também conhecido como molejo ensacado, também é indicado para suportar até 90kg por pessoa. São molas ensacadas individualmente em TNT (não-tecidos) e unidas por adesivos e solda por ultrassom.

“Essa é a tecnologia ComfortCore da Leggett & Platt, que inclusive, possui uma extensa quantidade de configurações e geometrias de molas”, diz o presidente da empresa.

Superlastic

Com suporte de até 110 kg por pessoa, é composto por fios contínuos entrelaçados. Com efeito, o molejo combina uma tecnologia de arames de alta tensão com design e com molas que se tornam progressivamente mais firmes à medida em que são comprimidas.

Trata-se de uma tecnologia das mais modernas, garante firmeza com menor uso de arame, formando uma composição leve e fácil de manusear. Pode ser encontrado em três versões: Pro (18 cm de altura), High Spring (15 cm de altura) e Low Coil (12 cm de altura).

LFK

Com nome derivado das iniciais da tecnologia “Lura-Flex”, o tipo de mola de colchão LFK aguenta 120 kg por pessoa. Isso ocorre por cauda de sua composição de molas individuas que se flexionam de maneira independente.

Esse molejo contém braços sensoriais e bordas reforçadas para proporcionar mais suporte nas extremidades. Igualmente, possibilita o maior número de molas por m² entre todas as tecnologias.

Por fim, o diâmetro da mola em formato de ampulheta faz com que exista uma densidade muito maior de molas suportando a espuma, com efeito proporciona um aumento de vida útil do colchão.

“Além disso, o molejo fica mais sensível aos contornos do corpo, o que o torna bastante versátil para qualquer biótipo. Por isso, é o mais utilizado em colchões de hotéis e pousadas”, explica Lemos.

tipos de molas de colchões

Miracoil

Com suporte de até 150 kg por pessoa, o Miracoil é um tipo de molejo de colchão projeto pela Leggett & Platt. O equipamento utilizado para produzi-lo é patenteado nos Estados Unidos e em mais 22 países pela empresa. “Esse produto com tecnologia exclusiva é composto por fios contínuos não entrelaçados, com arames especialmente conformados para a aplicação”, exalta Lemos.

A tecnologia proporciona maior sensação de firmeza do molejo, torna possível obter maior conforto e durabilidade para usuários com maior peso corporal ou que preferem molejos mais firme, mas sem perder a individualidade do conjunto.

Sob o mesmo ponto, o fato de o fio ser continuo não altera a caraterística de conforto para pessoas que dividem o colchão e torna a distribuição do peso mais eficiente em todo o conjunto, acabando com o “afundamento” do lado em que o peso é maior.

“O Miracoil tem sido aclamado como a superfície de dormir mais inovadora do mundo, conquistando a reputação de principal molejo para colchões de alta qualidade”, define Lemos.

Avalie esse post:
[Total: 0   Average: 0/5]

Siga nossa página no instagram e fique por dentro das novidades

@moveisparacasa.oficial
Por dentro do móvel

Cadastre-se para receber tudo sobre móveis

Você também pode se interessar por:

Seu Home Office decorado

Cabeceira de cama: escolha o modelo ideal

Conheça sobre os tipos de molas de colchões