×

Dicas de Iluminação na decoração de interiores

A Iluminação é bastante fundamental em um local e precisa ser projetada com cuidado na decoração de interiores. Veja neste artigo nossas dicas

Publicado em 16/07/2020 | Por_Móveis para casa

Vinicius Bonissato

Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela UNESA/RJ, com especialização em design moveleiro, interiores e decoração. Há 10 anos desenvolve projetos para clientes de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Para ele, a arquitetura é liberdade que não tem fim.

A Iluminação é bastante fundamental em um local e constantemente é precisa ser projetada com cuidado na decoração de interiores. Sempre bom tratar com consideração ao seu projeto uma vez que se não for feita de uma maneira interessante ela pode estragar todo a decoração do lugar. Veja neste artigo nossas Dicas de Iluminação.

Para garantir que consiga a melhor luminosidade possível e até os melhores efeitos, siga estas dicas básicas:

Dicas de Iluminação na Decoração de Interiores

Constantemente que possível dê máxima atenção à luz natural. Nada como a luz do sol para embelezar um local. Além de ser indispensável para a pessoa é também sustentável uma vez que auxilia na economia de energia! A iluminação artificial precisa ser projetada para que supra a necessidade de cada local, com a forma de luminária mais apropriada, bem como o tipo de lâmpada.

Há diferentes tipos de iluminação que são capazes de ser atingidos de acordo com a forma de luminária usada.

Os tipos de iluminação mais comuns são:

A luminosidade direta, no qual a luz é direcionada para um plano, uma superfície, seja uma mesa de pesquisa, mesa de jantar e etc. Pode ser feita por intermédio de spots ou até pendentes.

Iluminação Direta - Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest

A luz indireta, no qual a luz é direcionada para o teto ou paredes e é refletida para o restante do local, isto é, uma coisa mais amena, frequentemente feito por meio de sancas e canaletas. Bastante usada em salas de estar, de tv e quartos.

Iluminação Indireta - Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest

Há também vários tipos de lâmpadas:

Há vários tipos de lâmpadas e hoje as mais utilizadas — para interiores de residências — são as halógenas, as fluorescentes compactas e as de Led. Cada uma possui sua vantagem e cabe a você optar qual prefere:

As halógenas são lâmpadas mais baratas, porém que gastam mais força, no entanto possui uma procriação de cores excelente.

Já as Fluorescentes e de Led possui uma procriação de cores um tanto inferior e o valor mais salgado, especificamente as de Led, no entanto no quesito conta de luz, gastam bem pouco e são mais duráveis.

Também fique atento ao tipo de luz emitida, se mais amarelada ou mais branco. Frequentemente para cozinhas e locais de estudo se requer uma luz de coloração mais branco, isto é, uma lâmpada neutra ou fria.

Iluminação Fria - Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest

Já em ambientes no qual se pretende mais aconchego, a luz mais amarelada, chamada de quente, pode ser mais agradável.

Iluminação Quente - Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest

Veja Também:

A iluminação como um dos elementos mais fascinantes do design

Avalie esse post:
[Total: 0   Average: 0/5]

Siga nossa página no instagram e fique por dentro das novidades

@moveisparacasa.oficial
Colunistas

Cadastre-se para receber tudo sobre móveis

    Você também pode se interessar por:

    Design: móveis irreverentes do Estúdio Mula Preta

    11 boas ideias de móveis para aproveitar ao máximo o melhor de cada ambiente

    Como deixar a casa mais confortável